Avançar para o conteúdo
Action Contre La Faim Esta a Recrutar Enfermeira de Saúde Materno Infantil

Action Contre La Faim Esta a Recrutar Enfermeira de Saúde Materno Infantil

    Action Contre La Faim

    Alerta: Faça parte do nosso Grupo no WhatsApp Clique Aqui

    Duração do contrato: 6 meses

    Base de atribuição: Cabo Delgado

    Disponibilidade: Imediata

    Condições especiais: Vaga aberta apenas a residentes de Cabo Delgado

    Remuneração: 54,810.00 Mtn (Rendimento mensal bruto) e 13º mês pago em Dezembro (prorata dependendo da data de início)

    Benefícios: Seguro de saúde incluindo parceiro e filhos (fornecendo certificados); 2 dias por mês de férias pagas

    OBJECTIVOS ESPECÍFICOS (NÃO COMPLETOS)

    Objectivo Geral

    Responsável pela componente RMNCH do projeto nos locais das Clínicas Móveis para implementação direta e nas Unidades de Saúde para apoio.

    Objetivo 1: Prestar serviços de RMNCH (saúde reprodutiva, materna e neonatal da criança)

    A) Cuidados anti-natal (cuidados e consultas durante a gravidez) para garantir:

    • Identifica as necessidades de cuidados dos doentes e assegura que as suas necessidades são satisfeitas de forma equitativa;
    • Explica os procedimentos médicos aos pacientes/beneficiários, procurando simultaneamente os serviços relevantes;
    • Efetuar a anamnese e o exame físico dos pacientes;
    • Fornecer tratamentos básicos ao paciente com base nas necessidades;
    • Ter competências em matéria de gestão e dispensa de medicamentos;
    • Avaliar para encaminhar, se necessário (paciente com complicações encaminhado para serviços de tratamento avançado para serviços de tratamento superior);
    • Fornecer suplementos de ferro e ácido fólico ao doente. Bem como desparasitação, tratamento preventivo intermitente (TPI) contra a malária e rastreio e diagnóstico de infecções sexualmente transmissíveis (IST);
    • Participar na prestação de serviços clínicos de saúde materno-infantil e na prevenção da transmissão vertical (PTV);
    • Verificar a presença de tétano e, se necessário, encaminhar para vacinação;
    • Registar todas as informações necessárias nos instrumentos de informação existentes (livro e cartão de registo para cada beneficiário, etc.);
    • Transmitir ao doente mensagens básicas e fundamentais em matéria de saúde;
    • Informar os pacientes sobre as visitas de acompanhamento.

    B) Cuidados pós-natais, consulta para garantir:

    • Definir cuidados pós-parto, recolha de historial;
    • Realização de exame físico, controlo da tensão arterial, etc;
    • Fornecer mensagens/informações básicas e fundamentais sobre saúde à paciente (PF, AM e cuidados com o bebé);
    • Fornecer tratamentos básicos ao paciente com base nas necessidades;
    • Avaliar o paciente para encaminhamento, se necessário;
    • Registar todas as informações necessárias nos instrumentos de informação existentes (livro e cartão de registo para cada beneficiário, etc.).
    • C) Consulta de planeamento familiar:
    • Aconselhamento aos pacientes;
    • Receitas médicas e medicamentos na PF;
    • Registar todas as informações necessárias nos instrumentos de informação existentes (livro e cartão de registo para cada beneficiário, etc.);
    • Identificar os casos de violência baseada no género (VBG) ou de perturbações psicológicas no período pós-parto e prestar o apoio psicossocial necessário à mulher.

    Objectivo 2: Fornecer tratamento para as PVV com desnutrição agudaEfetuar o rastreio de todas as PVV que visitam os serviços de MHNT;

    • Classificação de todas as PLWs em categorias de bem nutridas e de malnutrição aguda;
    • Fornecer tratamento nutricional às AM-PP de acordo com os protocolos de tratamento aprovados;
    • Gerir o exame médico na fase de admissão e validar a admissão dos beneficiários do AM-PLW no programa de tratamento pertinente;
    • Assegurar o acompanhamento nutricional dos beneficiários;
    • Identificar os beneficiários que não respondem ao tratamento e gerir o seu acompanhamento;
    • Verificar as vacinas dos pacientes e encaminhar para as instalações de saúde adequadas, quando necessário;
    • Encaminhar os beneficiários com desnutrição aguda grave e complicações médicas para os centros de saúde superiores para tratamento prévio;
    • Assegurar o exame médico aquando da alta e validar a alta com base no estatuto dos beneficiários;
    • Verificar se todos os procedimentos estão concluídos antes da alta (medições antropométricas, tratamento médico e nutricional, tratamento sistemático e educação sanitária e nutricional);
    • Verificar se os critérios de alta estão preenchidos e agir de acordo com as directrizes de tratamento aprovadas;
    • Registar todas as informações necessárias nos instrumentos de informação existentes (livro e cartão de registo para cada beneficiário, etc.);
    • Fornecer educação sanitária e nutricional aos prestadores de cuidados e aos beneficiários sobre (aleitamento materno, alimentação complementar e higiene, cuidados a ter com as mulheres grávidas e lactantes, prevenção de doenças).

    Objectivo 3: Serviços de alimentação de lactentes e crianças jovens (IYCF)

    • Prestar aconselhamento individual a mulheres grávidas e lactantes sobre práticas adequadas de alimentação de lactentes e crianças jovens (IYCF);
    • Organizar sessões de grupo sobre mensagens básicas/chave sobre os 1000 dias de vida para as PVV que estão a visitar o MC;
    • Encaminhar os doentes para os serviços adequados com base nas necessidades (com complicações);
    • Realizar sessões regulares de educação nutricional e sanitária para os clientes que frequentam o MC;
    • Registar todas as informações necessárias nas ferramentas de elaboração de relatórios existentes.

    Objectivo 4: Preparação de materiais / Relatórios e documentação

    • Antes de sair do gabinete, certificar-se de que todo o material está pronto e funcional (equipamento relevante, registos, material de nutrição, medicamentos…);
    • Garantir que o equipamento no terreno está sempre seguro e limpo e assegurar que, após a visita ao terreno, o equipamento é limpo e preparado para ser utilizado no dia seguinte;
    • Atualizar diariamente todas as ferramentas de elaboração de relatórios;
    • Manter e conservar um bom sistema de arquivo para todos os documentos;
    • Preparou os relatórios (diários, semanais e mensais) de acordo com as ferramentas de elaboração de relatórios padrão;
    • Assistir o superior hierárquico na execução de outras tarefas atribuídas pela organização.

    COMPETÊNCIAS EXIGIDAS

    Diploma / Nível de estudos:

    • Formação médica com especialização em obstetrícia ou enfermagem
    • Diploma de parteira/enfermagem

    Habilidades necessárias:

    • Pelo menos 2 anos de experiência relevante.
    • Excelentes capacidades de relacionamento interpessoal com parceiros e autoridades, bem como capacidades de redação comprovadas (redação de projectos, relatórios, etc.).
    • Boas capacidades de gestão, comunicação, negociação e de organização, flexibilidade, desenvoltura.
    • Capacidade de trabalhar num ambiente multidisciplinar e multicultural.
    • Ter atitude pró-ativa, boa capacidade de escutar, aceitar e seguir instruções.
    • Flexibilidade para se deslocar nos diferentes distritos (Mueda, Nangade, Muidumbe e Mocimboa da Praia).
    • Fluente em Português (oral e escrito). Línguas locais e inglês são uma vantagem.

    Como se candidatar?

    Composição do ficheiro: CV, Carta de Motivação, NUIT, BI, certificados de habilitação literaria e/ou de trabalho.

    A ser enviado para: enviar para recruitment@mz-actioncontrelafaim.org (especificar no email o título da posição. Note-se que as candidaturas incompletas não serão consideradas)

    Prazo para a apresentação de processos de candidatura: 01/02/2024

    Procedimento: Os candidatos seleccionados serão contactados por telefone para um teste técnico.

    Nota. Os dossiês recebidos não serão devolvidos. Qualquer candidatura apresentada após este prazo não será considerada.

    A acção contra a fome está empenhada na prevenção de riscos relacionados com abusos, exploração sexual e na promoção da igualdade de género e da sua diversidade. A missão ACF Moçambique incentiva a aplicação das mulheres. O processo de recrutamento da Acção Contra a Fome é gratuito, não será pedida qualquer forma de compensação a um candidato. Reflecte as principais políticas e a sua carta através do seu profissionalismo e imparcialidade. Se observar comportamentos contrários a estes valores durante este processo, por favor informe as equipas apropriadas. Todas as pessoas contratadas pela Acção Contra a Fome serão igualmente verificadas quanto ao cumprimento das chamadas listas “anti-terroristas”, respeitando os direitos dos funcionários e a confidencialidade dos dados pessoais.

    Envie a sua candidatura a esta posição para este email: recruitment@mz-actioncontrelafaim.org

    Siga Nossa Pagina de Facebook Clicando  [Aqui]