Avançar para o conteúdo
Vaga Para Líder De Equipa – Protecção À Criança Em Situação De Emergência

Vaga Para Líder De Equipa – Protecção À Criança Em Situação De Emergência

    Site save_children Save the Children Internacional

    Alerta: Faça parte do nosso Grupo no WhatsApp Clique Aqui

    A Save the Children Internacional (SCI), uma organização humanitária sem fins lucrativos com seu enfoque virado ao bem-estar da criança, está a recrutar um (1) Líder de Equipa – Protecção à Criança em Situação de Emergência CD – SC 01/23 – Cabo Delgado.

    O (A) Lider de Equipa – Protecção à Criança em Situação de Emergência irá liderar a Equipa de Resposta Rápida (RRT) da Save the Children e subordinar-se ao Chefe de Resposta a Emergência. Será globalmente responsável pela coordenação das actividades da RRT e de Protecção à Criança em Situação de Emergência durante os destacamentos e actividaes para áreas afectadas por deslocações repentinas, incluindo – mas não limitado a – Cabo Delgado, províncias de Nampula e Niassa. Isto inclui a representação da Save the Children junto dos intervenientes (stakeholders) externos durante os destacamentos e actividades da RRT e a supervisão dos outros 4 membros da equipa. Deverá ainda ser responsável por conduzir as avaliações rápidas de Protecção à Criança em Situação de Emergência, coordenando e inclusive implementando MHPSS (Suporte em Saúde Mental e Psicossocial) em áreas e locais específicos, em conformidade com os requisitos e exigências do doador e protocolos da Save the Children. Trabalhar com parceiros da área de saúde e prestar suporte as actividades de protecção à criança em programas regulares da Save the Children em cabo Delgado.

    Requisitos

    Licenciatura em Trabalho Social, Direitos Humanos, Direito, Psicologia, Educação, Relações Internacionais, Estudos de Desenvolvimento ou experiência de campo semelhante ou equivalente.

    Experiência e Habilidades

    • Mínimo de 5 anos de experiência em programação humanitária/recuperação precoce, de preferência em contextos frágeis/emergenciais;
    • Boa compreensão dos princípios humanitários;
    • Bons conhecimentos do contexto político no Norte de Moçambique e experiência anterior de gestão de segurança são altamente desejáveis;
    • Experiência anterior e fortes competências em actividades de Apoio Psico-Social a crianças;
    • Experiência anterior na criação, gestão e promoção de Espaços Amigáveis para Crianças;
    • Experiência em programação integrada e gestão de projectos;
    • Capacidade de identificar as principais lacunas na protecção da criança num dado contexto para informar uma
      resposta holística para as crianças.

    Essencial

    • Bons conhecimentos e experiência na utilização de padrões e directrizes inter-agências estabelecidas em matéria de protecção da criança, tais como as Directrizes de inter-agências sobre Crianças Separadas e Não
    • Acompanhadas, os Princípios de Paris, MRM, Manual de Espaços Seguros para Crianças da SC, e os Padrões
    • Mínimos para a Protecção da Criança na Acção Humanitária;
    • Experiência e empenho em trabalhar através de sistemas de participação da comunidade e prestação de contas à mesma;
    • Experiência no desenvolvimento de capacidades e no reforço da compreensão e resposta de vários detentores das obrigações à protecção da criança;
    • Literacia informática, principalmente em software de MS (Word, Excel e PowerPoint), é essencial;

    Desejável

    • Experiência na recolha de dados qualitativos através de discussões de grupos focais e entrevistas semi-estruturadas com informadores-chave;
    • Excelentes capacidades de planificação, coordenação e comunicação, com capacidade para organizar de forma
      autónoma uma carga de trabalho substancialmente complexa quando se trabalha em locais de campo interior com apoio limitado;
    • Fortes capacidades de comunicação interpessoal, com experiência de trabalho em equipa, bem como na formação e supervisão de activistas comunitários e voluntários;
    • Disponibilidade para trabalhar em ambientes voláteis e potencialmente inseguros e para viajar para locais remotos, pernoitando em tendas sempre que outras opções de alojamento não estejam disponíveis;
    • Boa capacidade de organização pessoal, incluindo a gestão do tempo e a capacidade de cumprir com os prazos e trabalhar sob pressão;
    • Português nativo escrito e falado e bom domínio do inglês, tanto falado como escrito;
    • Conhecimento das línguas suaíli orais ou locais de Cabo Delgado (Macua, Kimwani, Makonde) é altamente desejável.

    Exigências

    • Certificado de Habilitações;
    • BI;
    • Curriculum Vitae;
    • Carta de Motivação em Português e Inglês.

    Nota: Somente os candidatos seleccionados serão contactados.

    Aviso Legal

    A Save the Children Internacional não faz nenhum tipo de cobranças em quaisquer das fases do processo de recrutamento e não procede por via de agentes de recrutamento.

    Sobre a Empresa

    ”Somos um empregador de oportunidades iguais, encorajamos a candidatura de mulheres e pessoas com deficiência. A Save the Children compromete-se a garantir que todos os seus funcionários e programas sejam absolutamente seguros para as crianças. Aplicamos procedimentos rigorosos para garantir que somente os candidatos adequados para trabalhar com crianças tenham permissão para se juntar à nossa organização e todos os candidatos serão, portanto, sujeitos a este escrutínio.”

    Para se candidatar a esta vaga, por favor visite short.jobsmoz.com.

    Siga Nossa Pagina de Facebook Clicando  [Aqui]