Avançar para o conteúdo
Início » Vaga Para Co-Coordenador-Cluster Nacional de Educação

Vaga Para Co-Coordenador-Cluster Nacional de Educação

    • Tempo parcial
    • Maputo

    SAVE THE CHILDREN INTERNACIONAL

    Co-Coordenador – Cluster Nacional de Educação – Maputo

    O cargo de Coordenador do Grupo de Educação é um cargo de liderança sênior e estratégica. O papel é fornecer co-liderança ao Grupo Nacional de Educação e fornecer orientação estratégica e influência consultiva no grupo de trabalho intergrupos, bem como na Equipe Humanitária do País (HCT). A Save the Children, juntamente com a UNICEF, co-lidera o grupo de educação e é responsável por apoiar o MINEDH para garantir uma resposta coerente e eficaz e recuperação de emergências, mobilizando as principais partes interessadas (incluindo agências internacionais, ONGs internacionais, ONGs nacionais) de forma estratégica em todo o todas as áreas essenciais das actividades relacionadas com a preparação, implementação e monitorização da educação em emergências em Moçambique.

    O objetivo do papel é liderar a coordenação dentro do mecanismo de cluster entre o Cluster de Educação, os outros clusters, OCHA, HCT e doadores, e garantir que a educação em emergências seja priorizada em todas as respostas. Também deve ser a ligação com as autoridades governamentais, principalmente o MINEDH, incluindo a produção de informações oportunas e relevantes para os tomadores de decisão e assessoria estratégica. Por fim, o objetivo é garantir a coordenação, compartilhamento de informações e apoio aos parceiros do cluster, para que os membros do cluster possam tomar decisões estratégicas informadas, baseadas em evidências.

    O titular da função terá interação frequente com representantes seniores da ONU, governos e parceiros da sociedade civil, e ligação com o grupo de trabalho inter-cluster. O titular da função deve ter bom senso; pensamento analítico e conceitual de nível sênior; e capacidade de trabalhar em ambientes de alta pressão, com supervisão limitada.

    O objectivo do papel será de liderar a coordenação dentro do mecanismo de cluster entre o Cluster de Educação, os outros clusters, OCHA, HCT e doadores, e garantir que a educação em emergências seja priorizada em todas as respostas. Também deverá ser a ligação com as autoridades governamentais, principalmente o MINEDH, incluindo a produção de informações oportunas e relevantes para os tomadores de decisão e assessoria estratégica. Por fim, o objectivo será garantir a coordenação, compartilhamento de informações e apoio aos parceiros do Cluster, para que os seus membros possam tomar decisões estratégicas informadas, baseadas em evidências.

    O(A) titular da função terá interação frequente com representantes séniores da ONU, governos e parceiros da sociedade civil, e ligação com o grupo de trabalho inter-cluster. O(A) titular da função deverá ter bom senso; pensamento analítico e conceptual de nível sénior; e capacidade de trabalhar em ambientes de alta pressão, com supervisão limitada.

    Nível de Licenciatura, de preferência outro nível universitário avançado, em uma área temática relevante, Educação, Humanitária, Desenvolvimento Internacional e Gestão da Informação; Vasta experiência de trabalho fora do sector humanitário relevante para este posto pode ser considerada como um substituto da experiência humanitária;
    Extensa experiência de trabalho fora do sector humanitário que seja relevante para este cargo pode ser considerada como um substituto para a experiência humanitária;
    Treinamento formal em gestão de informações de cluster também é desejável.

    Experiência e Habilidades

    Essencial

    Coordenação:

    • Mínimo de 4 anos de experiência e compreensão demonstrável da arquitetura de resposta humanitária; internacional, princípios, mecanismos de coordenação, reforma e acção humanitária.
    • Compreensão dos mecanismos de financiamento humanitário (por exemplo, o Processo Consolidado de Apelações [CAP], Fundo Central de Resposta a Emergências [CERF] e Apelações Rápidas);
    • Experiência de coordenação de alto nível e presidência de reuniões;
    • Capacidade de trabalhar e planejar em nível estratégico e operacional;
    • Capacidade de trabalhar com um grupo diversificado de partes interessadas e desenvolver consenso e trabalho conjunto;
    • Fortes habilidades para apresentar ideias de maneira clara, concisa e convincente;
    • Alto nível de inglês falado e escrito. Preferencialmente domínio da língua portuguesa;
    • Boa capacidade de relacionamento interpessoal com capacidade de comunicar com clareza, defender e negociar eficazmente a todos os níveis, tendo em conta as dificuldades culturais e linguísticas;
    • Capacidade de trabalhar sob pressão e disponibilidade para trabalhar em horário flexível em caso de grandes emergências;
    • Compromisso com o direito das crianças e jovens à educação em emergências e reconhecimento da necessidade de educação em emergências como resposta de primeira fase;
    • Capacidade de deixar de lado os interesses da própria organização e trabalhar com imparcialidade, servindo a todos os parceiros do cluster em igualdade de condições.

    Gestão de informações:

    • Habilidades demonstradas na gestão de coleta e armazenamento de dados, para análise de diversos conjuntos de dados e apresentação de informações em tabelas, gráficos e relatórios compreensíveis;
    • Competência em MS Excel ou MS Access (por exemplo, tabelas dinâmicas e funções) e outros programas e sistemas de IM relevantes;
    • Preferencialmente experiência em gestão de informação na primeira fase de uma grande resposta de emergência relevante para o cluster;
    • Habilidades em GIS e no uso de pacotes de criação de mapas preferidos.

    Os (As) candidatos(as) interessados(as) deverão submeter o Certificado de Habilitações, BI, CV, e a carta de motivação em Português e Inglês até ao dia 13 de Novembro de 2022. Através do seguinte link:

    “Somos um empregador de oportunidades iguais, encorajamos a candidatura de mulheres e pessoas com deficiência. A Save the Children compromete-se a garantir que todos os seus funcionários e programas sejam absolutamente seguros para as crianças.

    Aplicamos procedimentos rigorosos para garantir que somente os candidatos adequados para trabalhar com crianças tenham permissão para se juntar à nossa organização e todos os candidatos serão, portanto, sujeitos a este escrutínio.”

    AVISO LEGAL:

    A SAVE THE CHILDREN INTERNACIONAL NÃO FAZ NENHUM TIPO DE COBRANÇAS EM QUAISQUER DAS FASES DO PROCESSO DE RECRUTAMENTO E NÃO PROCEDE POR VIA DE AGENTES DE RECRUTAMENTO.

    Para se candidatar a esta vaga visite jobsmoz.com.